terça-feira, 29 de novembro de 2011

Funcionário público utiliza literatura popular para concientizar sobre o câncer de próstata

A literatura de cordel e a solidariedade humana se unem em favor de uma grande causa: a prevenção ao câncer. Em razão do transcurso do Novembro Azul, mês dedicado à prevenção do câncer da próstata, o servidor público Erialdo Rebouças exercitou a sua veia poética e escreveu o cordel “Um toque na consciência”.

Erialdo é funcionário do Estado, lotado no Setor Humanização da 2ª Unidade Regional de Saúde Pública (URSAP), e conhece bem o sofrimento das pessoas acometidas por patologias graves, como o câncer. ‘Daí, a ideia de contribuir com essa causa, conscientizando as pessoas, através da poesia”, diz.

Para escrever o cordel “Um toque de consciência”, Erialdo Rebouças conta ter se inspirado na campanha Novembro Azul, realizada pela Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC) em conjunto com o Centro de Oncologia e Hematologia (COHM). “É por uma causa justa, não é!”, exclama.

Depois de participar de atividades internas na Ursap, dirigidas aos homens que trabalham da Unidade de Saúde, Erialdo Rebouças comenta que buscou a inspiração para fazer o trabalho. “Numa madrugada, escrevi o cordel”, diz ele, declarando-se apaixonado pela música e pela poesia nordestinas.

Voltando ao tema do cordel, dirigido ao público masculino, reticente ao toque retal no exame de prevenção do câncer da próstata, Erialdo Rebouças que a linguagem popular, utilizada na literatura de cordel, alcança chega mais facilmente às pessoas.  “Uma linguagem simples, de abordagem séria”, avalia o autor.

Obra – “Um toque de consciência” é um dos doze cordéis escritos por Erialdo Rebouças, a maioria deles abordando temas de saúde pública, tais como DST/AIDS, prevenção às drogas, prevenção ao câncer de mama nas mulheres, entre outros. Ele também se arrisca a escrever sobre temas políticos e de humor.

Em “Um toque de Consciência”, Erialdo alerta: “falo do câncer de próstata, doença que se espalha, tirando a vida dos homens, como lâmina de navalha; E o que tem no preconceito, o tecido da mortalha”. E continua: “o homem tem que entender/que precisa se cuidar/E a atitude correta/é o médico procurar/E num toque de cuidado/o exame realizar...”.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Sandra está disposta a minar o PT

2012 está bem pertinho. Sabedora de que é preciso minar espaços na própria oposição para que a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) continue em alta, a deputada federal Sandra Rosado (PSB) não perdeu a oportunidade de arrancar umas palavrinhas da presidente Dilma Rousseff (PT), que esteve hoje pela manhã no Rio Grande do Norte, que podem comprometer, à primeira vista, o projeto do PT de Mossoró, que trabalha com a pré-candidatura do reitor da Ufersam, Josivan Barbosa de Menezes, à Prefeitura de Mossoró.

Via Twitter, Sandra Rosado afirmou que Dilma Rousseff havia garantido que estaria em Mossoró em 2012 para fazer campanha pró-Larissa Rosado.

Algo que realmente escanteia o projeto petista local.

Claro que a presidente Dilma não sabe que o PT tem um pré-candidato a prefeito e Sandra Rosado fez valer sua experiência política. Ela sabe que qualquer palavra pode minar os espaços do PT, especificamente o projeto de Josivan Barbosa.

Agora o PT de Mossoró tem que correr atrás do prejuízo. O reitor da Ufersa, que tem afirmado que os assuntos relacionados às eleições em Mossoró - para o âmbito nacional - devem ser tratados pela deputada federal Fátima Bezerra, deve cair em campo para minimizar os prejuízos que a declaração da presidente DIlma Rousseff possam causar futuramente.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Uern, pela 1ª vez, receberá emenda do OGU

Pela primeira vez, ao longo de seus 43 anos, a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte será beneficiada com emenda da bancada federal do Estado. O reitor da Uern, professor Milton Marques de Medeiros, informou que a emenda será de pouco mais de R$ 14 milhões, que se destinam à conclusão de obras dos campi de Natal, Caicó e Mossoró, além das unidades de Assu, Pau dos Ferros e Patu. “Realmente é a primeira vez que a UERN entra na cota das emendas, pois surgiu uma nova conta (no Governo Federal), que é de apoio às Universidades públicas não-federais”, disse o reitor.

Segundo o reitor, a verba da emenda possibilitará a conclusão das obras de ampliação no Campus Central, onde se iniciou a construção de um bloco vertical para a Faculdade de Ciências Exatas e Naturais (FANAT) e voltado para cursos de Mestrado e posteriormente, de Doutorado.

Além da construção do Campus de Natal e do Campus de Caicó, cujas estruturas foram iniciadas. “(A verba) também será usada em obras nos demais Campi”, disse.

O reitor informou que a reivindicação da UERN foi bem aceita pelos oito deputados federais e pelos três senadores. “Já estive em Brasília fazendo uma exposição para a bancada federal e retornarei no próximo dia 29 para uma reunião com o ministro (da Educação, Fernando Haddad), para ver se podemos dar celeridade. Para nós, esses recursos são importantes. Estamos satisfeitos e hoje (ontem) a governadora Rosalba Ciarlini me ligou pedindo informações técnicas”, informou Milton Marques.

A bancada também priorizou recursos para estradas vicinais, além das BR’s-304 (Reta Tabajara), 406 (Trevo de Igapó) e 110 (Mossoró/Campo Grande); divulgação e infraestrutura de turismo,  saúde (Hospital Geral de Natal), transporte escolar, desassoreamento do rio Mossoró e agricultura.

A governadora Rosalba Ciarlini pediu prioridade e foi atendida com recursos específicos para as obras da adutora do Alto Oeste, do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e aquisição de equipamentos hospitalares.

No Plano Plurianual, até 2015, foram assegurados recursos de emendas coletivas para o VLT, duplicação da BR-304, novo terminal portuário, ZPE’s e ferrovia entre Natal e Mossoró. 

Para Betinho, sucessão é assunto para ser tratado por Rosalba e Fafá

“A política, em partes, se alimenta da especulação.” A frase, do deputado federal Betinho Rosado (DEM), se aplica à possibilidade de renúncia da prefeita Fafá Rosado (DEM), cujo assunto vem pautando reuniões e conversas sobre as eleições de 2012.

Betinho afirmou que o tema não foi posto ao diálogo e que, por ser de foro íntimo da prefeita, cabe exclusivamente a Fafá Rosado decidir ou comentar acerca da alternativa que vem sendo difundida para que a vice-prefeita Ruth Ciarlini (DEM) assuma o comando do Executivo e possa disputar a Prefeitura de Mossoró no próximo ano. “A prefeita tem um mandato dado pelo povo e cabe a ela decidir. Essa possibilidade não está posta na mesa, mas pode ser discutida”, comentou.

Betinho Rosado analisa que a definição do candidato governista será feita pelas maiores eleitoras de Mossoró: a governadora Rosalba Ciarlini e a prefeita Fafá Rosado. “São elas que devem se entender. O candidato apoiado (por elas) deverá ser o favorito”, disse o deputado federal. Betinho disse que a sua análise parte da premissa de que a oposição municipal não está bem. “O desempenho dos candidatos de oposição, segundo as pesquisas, tem sido pequeno”, afirmou.

Segundo o parlamentar democrata, as sondagens de opinião pública mostram que a deputada estadual Larissa Rosado – pré-candidata ao Palácio da Resistência pelo PSB – apesar de estar liderando, aparece na casa dos 30%.

Além disso, Betinho disse que o pré-candidato do PT, Josivan Barbosa de Menezes (reitor da Universidade Federal Rural do Semiárido – UFERSA) não chegou aos 10%. “PT e PSB também não vão se aliar e isso mostra que a oposição está em posição desconfortável”, analisou.

Ainda segundo Betinho Rosado, quando a oposição almeja ganhar uma eleição,m tem que partir para o pleito eleitoral com um bom patamar. Diante disso, ele comentou que o candidato governista ainda a ser definido sairá com uma boa vantagem sobre a oposição. “Se a oposição está com 30%, isso é complicado”, disse.

Câmara Federal
Betinho Rosado informou que sua exoneração da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e da Pesca (SEAPE) para reassumir a vaga na Câmara Federal estava acertada com o Rogério Marinho (PSDB e primeiro suplente) desde o início do ano. Ele disse que reassumirá a SEAPE na próxima sexta-feira.

“Tenho compromisso com as lideranças que me apoiaram no exercício do mandato e o Orçamento Geral da União (OGU) é o instrumento que permite a construção de ginásios, escolas, postos de saúde e outros benefícios e reassumi o mandato para colocar emendas nesse sentido”, disse Betinho, acrescentando que nos últimos anos destinou três emendas para Mossoró, das quais duas foram liberadas e que somam mais de R$ 40 milhões.

Bancada
Ontem houve mais uma reunião da bancada federal para definir as emendas coletivas e individuais que beneficiarão o Rio Grande do Norte. Betinho Rosado informou que cada um dos deputados federais e senadores tem direito.

Segundo ele, das 11 emendas ao OGU, três já estariam praticamente definidas e beneficiam três Instituições de Ensino Superior (IES) do Estado: Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Chefe de Gabinete confirma reunião

O chefe de Gabinete da Prefeitura de Mossoró, Gustavo Rosado, confirmou que a bancada governista solicitou reunião com a prefeita Fafá Rosado para discutir 2012. O encontro, segundo ele, foi rápido e que uma nova reunião será realizada ao longo da semana. Disse que o novo encontro será para o grupo discutir as eleições do próximo ano, incluindo a possibilidade de renúncia da prefeita.

Movimento 'fica Fafá' é iniciado

O blog foi informado sobre uma reunião que acontece agora na casa da prefeita Fafá Rosado (DEM). O encontro teria sido solicitado pelos nove vereadores que compõem a bancada governista na Câmara Municipal.

Embora sem confirmar a informação, tendo em vista que a fonte passou os dados nesse exato momento, o blog adianta que o assunto envolverá as eleições de 2012.

Especificamente sobre Fafá e a vice-prefeita Ruth Ciarlini. A bancada teria se reunido para pedir a prefeita para não renunciar.

O blog está postando a informação por acreditar nessa possibilidade, já que é do conhecimento público que a renúncia de Fafá não está totalmente descartada. A prefeita tem afirmado e reiterado que continuará no cargo, mas em se tratando de política, tudo pode acontecer.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Ivanildo Vila Nova no Restaurante Bocado`s

Dois grandes nomes da cantoria de viola se encontrarão nesta sexta-feira (11) no Bocado´s Restaurante, localizado ao lado da Praça do Conjunto Vingt Rosado (Mossoró), a partir das 19h. Será um espetáculo da cultura popular nordestina. Promete ser um dos maiores que Mossoró já teve com a participação da dupla Ivanildo Vila Nova e Valdir Teles. Além da dupla de violeiros, também se apresentarão os emboladores de coco José Ribamar e Concriz, o poeta Antônio Francisco e o cantor e compositor Genildo Costa. Haverá ainda a apresentação de declamadores e exposições de cordéis e CDs.


www.blogdocarlossantos.com.br

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

‘As minhas grandes vitórias foram na oposição’

A ex-governadora Wilma de Faria, apesar de ter o nome definido pelo seu partido, PSB, para disputar a Prefeitura de Natal nas eleições municipais do próximo ano, não confirma nem nega tal projeto. Nesta entrevista, Wilma afirmou que o projeto da sua legenda é se fortalecer para o pleito de 2014.

Perguntada sobre essa particularidade, ela frisou que não teria a resposta, a qual dependeria dos resultados de 2012. A única ressalva feita pela ex-governadora, dando sinais de que 2012 valerá como espelho para 2014, foi quando disse que sempre se saiu melhor quando era da oposição.

“No caso do PSB, nós vamos fazer uma construção política para que as vitórias conquistadas em 2012 se projetem para 2014. Não tenho medo de ser oposição. Historicamente, as pessoas se acomodam junto ao governo, mas as minhas grandes vitórias foram na oposição.”

Wilma de Faria, que foi prefeita da capital três vezes, criticou a administração Micarla de Sousa (PV), ao dizer: “A prefeita Micarla de Sousa tem desagradado à população de Natal e isso está evidenciado pelas pesquisas de opinião pública divulgadas. Uma realidade contundente.”

Sobre a especulação de que sua pré-candidatura não teria base sólida e que estaria encobrindo aliança com o PDT, indicando o candidato a vice-prefeito, a ex-governadora tratou de negar e afirmou que não teve nenhuma conversa nesse sentido com a cúpula pedetista, liderada pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves. Wilma, que já teve apoio dos Alves e Maia no passado, não escondeu que poderia conversar com as lideranças que hoje apoiam a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) com relação ao pleito eleitoral de 2012.

“Alves e Maia foram inimigos durante anos e nesse jogo se alternaram no poder durante três décadas. Hoje se uniram, estão juntos e participam do Governo do Estado. E nós somos oposição. O PSB aceita conversar principalmente sobre projetos de desenvolvimento para o Rio Grande do Norte e para Natal e que tragam bem-estar à população”, disse.


No congresso estadual do PSB realizado no sábado passado, 29, ficou evidenciado que o nome da senhora já está definido para disputar a Prefeitura de Natal, bem como o da deputada estadual Larissa Rosado em Mossoró. Além dessas duas cidades, o PSB tem projeto para quantos municípios do Estado?
WILMA DE FARIA - No Congresso do PSB, nós reunimos o partido, que está presente em todas as regiões do Estado, para uma eleição de chapa única, sem disputa, quando fui reconduzida à presidência do diretório estadual. Foi formada uma nova comissão executiva estadual e também um novo diretório. Evidente que os prefeitos candidatos à reeleição e outros candidatos a prefeito estavam presentes. Então, foi realçada a possibilidade de o PSB ganhar a eleição em Natal, Mossoró, enfim, em dezenas de municípios do Estado, além de compor chapa com vários partidos em outros municípios do Rio Grande do Norte. O partido também pode ganhar a eleição indicando vice em muitas cidades e indicando prefeito em mais de 60 municípios.

LOGICAMENTE que a meta de todo partido político é eleger o maior número de prefeitos e vereadores. No caso do PSB, 2012 estaria ligado a 2014. A senhora trabalha com essa projeção?
NO CASO do PSB, nós vamos fazer uma construção política para que as vitórias conquistadas em 2012 se projetem para 2014. Não tenho medo de ser oposição. Historicamente, as pessoas se acomodam junto ao governo, mas as minhas grandes vitórias foram na oposição.

FOI especulado que a senhora não disputaria a Prefeitura de Natal e estaria costurando entendimento para fechar chapa com o PDT, na qual o PSB indicaria o candidato a vice-prefeito. Existe essa possibilidade?
ESSE assunto nunca foi discutido. Não está em discussão essa proposta.

A SENHORA tem feito críticas contundentes à prefeita Micarla de Sousa. O que, efetivamente, deixou de ser feito pela prefeita?
A PREFEITA Micarla de Sousa tem desagradado à população de Natal, e isso está evidenciado pelas pesquisas de opinião pública divulgadas. Uma realidade contundente.

COM a experiência de quem foi prefeita três vezes da capital e duas vezes governadora, o que falta para a senhora fazer por Natal?
DEIXEI a Prefeitura de Natal há quase 10 anos, portanto, a realidade era outra. O que vejo hoje é que a cidade precisa ser reorganizada com relação ao trânsito, ao transporte coletivo. Precisa de acertos com relação ao básico, que é a limpeza urbana, o destino final do lixo, que faz parte de um programa de saneamento. Os projetos de mobilidade urbana necessitam de urgência até para viabilizar a Copa de 2014, do ponto de vista operacional. Além disso, tem a Saúde, que é um dos maiores problemas hoje da capital, com postos de saúde fechados. Os hospitais estaduais estão sem ASG porque as empresas terceirizadas estão sem receber pagamento, há perigo de infecção generalizada nos hospitais, faltam medicamentos, falta manutenção e as unidades de saúde e os hospitais estão desabastecidos. Sem falar no sistema viário de Natal que está destruído, com ruas e avenidas esburacadas. Faltam vias expressas para ônibus e o projeto do VLT (veículo leve sobre trilhos) nem sequer foi debatido pela Prefeitura.

A BASE da presidenta Dilma segue dividida no RN. PSB, PT e PDT surgem com candidatos. É possível unir esses partidos ainda no primeiro turno?
DO MESMO jeito que os partidos da base da presidenta Dilma surgem com vários candidatos, a mesma coisa acontece com os partidos de oposição, cujo discurso é um e a realidade é outra. Então, por isso é possível que em 2012 haja muitos candidatos para se unirem só no segundo turno.

A SENHORA tem dito que o PSD, do vice-governador Robinson Faria, pode somar na oposição. O PSB estaria interessado em compor com Robinson?
O VICE-GOVERNADOR Robinson Faria deixou claro para o Rio Grande do Norte que ficaria na oposição ao governo. Na verdade, segundo a imprensa e as palavras do ex-secretário Paulo de Tarso, ele foi afastado do governo pelo marido da governadora. E tanto o nosso PSB quanto o Partido dos Trabalhadores convidaram Robinson para somar e fortalecer a oposição ao Governo do Estado e à Prefeitura.

PARA 2014, alguns nomes estão sendo postos para a única vaga do Senado: Henrique Eduardo Alves, Fátima Bezerra e Robinson Faria. A senhora também pode ser inserida nessa discussão?
NÃO posso responder porque 2014 só será definido quando as articulações de 2012 estiverem encaminhadas.

A SENHORA já teve apoio dos Alves e Maia. É possível conciliar um projeto que reúna as maiores forças políticas do Rio Grande do Norte novamente?
ALVES e Maia foram inimigos durante anos e nesse jogo se alternaram no poder durante três décadas. Hoje se uniram, estão juntos e participam do Governo do Estado. E nós somos oposição. O PSB aceita conversar principalmente sobre projetos de desenvolvimento para o Rio Grande do Norte e para Natal e que tragam bem-estar à população.